Via do Infante perde Metade do Tráfego

 

A Autoestrada A22, Via do Infante, teve um decréscimo no volume de tráfego superior a 48% em relação ao mês de Dezembro do ano passado, em consequência directa da introdução de portagens virtuais e, segundo a Estradas de Portugal (EP), da conjuntura económico-financeira do País.

Assim, de acordo com a EP o tráfego médio diário anual da ex-SCUT teve uma redução de 13135 para 6454 viaturas. Os estudos realizados pela empresa, indicam que da quebra percentual total do tráfego, apenas 28% se deve directamente à introdução das portagens e os restantes 20% estão relacionados com a situação finaceira do país e com o período de adaptação dos utentes à nova realidade.

Fonte: Estadas de Portugal (EP)
Foto: Lusa

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.