Pior Queda de Sempre na Construção

 

Dados divulgados pela Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP) revelam uma quebra de cerca de 9,4% na actividade produtiva do sector da construção civil durante 2011, a pior de sempre em Portugal.

Mas as estatísticas negras não se ficam por aqui. De acordo com a FEPICOP, no ano passado, verificou-se uma diminuição de quase 30% nos montantes envolvidos nos concursos.
Também a construção de edifícios de habitação teve um abaixamento acentuado, superior a 30%, o que equivale a uma quebra de 1,2 mil milhões de euros relativamente a 2010.

Fonte: Agência Financeira
Foto: Construction Week

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.