Mais de 30% das Falências são Empresas de Construção Civil

 

As empresas de construção civil e os profissionais do sector têm sido as grandes vítimas da crise em Portugal e na Europa, sendo comuns despedimentos diários nas construtoras consideradas até à pouco tempo invencíveis à crise.
No entanto a Cosec, seguradora líder em Portugal nos ramos do seguro de créditos e caução, revelou esta quarta-feira, números verdadeiramente catastróficos relacionados com o sector da construção.

Segundo a agência, aproximadamente um terço das quase 5000 falências a nível nacional em 2011, correspondem a empresas de construção civil.
Ainda segundo a Cosec, os distritos que registam maior número de insolvências são o Porto (24 por cento do total), seguido de Lisboa e do distrito de Braga.

Fontes: Agência Financeira

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.