FEPICOP pede 40 mil Despedimentos

 

A Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP) pediu ao governo para facilitar o despedimento de até 40 mil trabalhadores no sector da construção, de forma a evitar que muitas empresas de construção civil entrem em processo de falência.

Os despedimentos e rescisões amigáveis seriam conseguidos através da atribuição, por parte do Governo, ao sector da construção, do estatuto de “actividade em reestruturação”.

Fonte: Agência Financeira
Fotografia obtida via Luta Popular

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.