Concluída a Estrutura do Centro de Artes de Performance de Taipei

 

A construção do Centro de Artes de Performance de Taipei (TPAC), iniciada em 2012, prossegue a bom ritmo, tendo o edifício atingido recentemente a sua máxima altura. O projeto, da autoria do atelier holandês OMA, prevê um espaço internacional de produção experimental, propício ao intercâmbio cultural e artístico, localizado no coração de Taiwan.

O edifício, cuja estrutura metálica até agora executada faz já adivinhar as formas, é constituído por uma série de volumes paralelepipédicos, o maior dos quais se funde com uma esfera de exterior prateado que à secção terminal de um dos anfiteatros do complexo.

O Centro de Artes de Performance de Taipei é constituído por um auditório central de 1500 lugares sentados e dois pavilhões multiusos, cada um com espaço para cerca de 800 pessoas. Os três pavilhões podem ser combinados para formar um espaço com cerca de 100 metros de comprimento, que pode receber espetáculos, exposições e instalações artísticas de grandes dimensões.

estrutura-centro-artes-taipei-02 estrutura-centro-artes-taipei-03 estrutura-centro-artes-taipei-04 estrutura-centro-artes-taipei-05 estrutura-centro-artes-taipei-06 estrutura-centro-artes-taipei-07 estrutura-centro-artes-taipei-08 estrutura-centro-artes-taipei-09 estrutura-centro-artes-taipei-10 estrutura-centro-artes-taipei-11

via OMA

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.