Chumbado Ajuste Directo com a Mota-Engil

 

O Tribunal de contas chumbou o contrato, por ajuste directo, de valor superior a um milhão de euros que a empresa pública Parque Escolar celebrou com a empresa de construção Mota-Engil, no início do ano passado. O contrato é referente à reabilitação de parte do edifício da Escola Passos Manuel, para o qual não foi realizado concurso público.

O Tribunal de contas considerou que, neste caso, o processo de ajuste directo não era legal, pelo que o contrato foi considerado nulo e a obra, entretanto já concluída, não deverá ser paga.

Fonte: Jornal i, Público
Foto: Via Heróis à Moda de Lisboa

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.