1800 Construtoras em Falência em Espanha

 

O ano passado foi o pior de sempre para a construção civil em Espanha. Mais de 1800 empresas de construção faliram devido a uma conjugação de factores, entre os quais a  crise económica mundial, o fim dos créditos fáceis da banca e a criação nos últimos anos de companhias com políticas pouco sustentáveis.

A explosão na construção de vivendas e grandes complexos habitacionais da última década, terminou com muitas vítimas, os empreiteiros, o ramo imobiliário e os investidores privados. Sendo que, cada qual teve a sua cota-parte de “culpa” na situação actual.

Estima-se que o número de autorizações de crédito, seja 10 vezes inferior ao dos anos de 2005 e 2006.

Fonte: El Confidencial
Foto: Trek Earth

 

 
 
 
 
 

Responder

obrigatório

obrigatório

opcional



  Sim, aceito a Política de Privacidade e dou consentimento para o armazenamento e tratamento, por este website, dos dados submetidos.